segunda-feira, dezembro 19, 2011

Mensagem aos cursistas

Estamos finalizando mais um ano de trabalho e com ele carregamos uma grande bagagem. Nessa bagagem consta conhecimento, alegrias, tistezas, conquistas que é o suor de cada um acumulado no decorrer deste ano de trabalho. Finalizar mais um curso é sempre um espaço de reflexão, para que possamos dizer com todas as letras muito obrigado meu Deus, por mais esse passo.
Agradeço a oportunidade de estar com vocês em mais essa conquista. Feliz Ano Natal e Próspero Ano Novo.

segunda-feira, janeiro 31, 2011

SUGESTÃO DE SITES



www.filosofos.com.br – textos artigos
www.mundodosfilosofos.com.br
www.vedeoseducativos.blogspot.com
www.portalsaofrancisco.com.br
http://profmorais.especs.livre.com
www.biologo.com.br
www.revistaescola.abril.com.br
www.saladefisica.com.br

quinta-feira, janeiro 20, 2011

sexta-feira, dezembro 10, 2010


Prezados Cursistas,

O nosso curso está chegando ao fim, mas as atividades com as mídias digitais na escola, só estão começando.
Parabenizo a todos que conseguiram chegar ao final do curso, e acredito que vocês serão multiplicadores em seu ambiente de trabalho, incentivando os outros professores a utilizarem as mídias como ferramenta de ensino e aprendizagem.
Vamos continuar estudando e aplicando na prática os recursos tecnológicos, nossos alunos merecem. E vocês podem muito mais........

PARABÉNS!

Depoimentos de professores

  1. Após a exposição do vídeo sobre pontuação, conclui que a utilização dos meios tecnológicos em sala de aula é indispensável para nós professores e principalmente para os alunos. O uso deve ser constante na rotina das escolas, pois além de diversificarmos nossas aulas estamos integrados ao mundo tecnológico, pois as inovações podem e são as melhores aliadas no sentido de melhorarmos a tão sonhada educação por nós educadores. (Professora Nelcy Costa disponível em: http://eproinfo.mec.gov.br/forumnovo_lis2.php?sid=770D005 9DF18BEF4FDA493BB77411445&af=&codmensagempai=2314561&codturma)
  2. Após a exposição do vídeo com historia em quadrinho e o DVD com exposição do mesmo, cheguei a conclusão que os educando não tiveram dificuldades de relatar informações do tema em estudo, facilidades essas que parte do real para o concreto. Por isso o educador deve preparar aulas expositivas, fazendo o uso dos recursos tecnológico para elaborar aulas dinâmicas e atraentes. Foi de grande valia a participação dos alunos na socialização e dramatização do conteúdo; história em quadrinhos, eles produziram com mais facilidades o tema
  3. Nas aulas de Inglês usei o próprio site on-line educativo relacionado à disciplina com os alunos, houve uma maior interação entre o professor e os alunos. A aula foi muito motivadora pelo fator dos alunos estarem bem interessados em relação ao tema proposto e a ferramenta pedagógica utilizada na aula. Percebe-se que trabalhar com esses recursos abre vários leques de possibilidades para está melhorando a prática pedagógica em sala de aula e motivando cada vez mais os alunos a quererem estudar. (Professor Welignton Rogério de Oliveira - Escola Deusa Moraes)
  4. O plano de aula foi elaborado a partir de uma visita a professora de geografia que estava na sua hora atividade na escola. Após apresentar a idéia de trabalhar aulas usando às multimídias ela aceitou e juntas organizamos o esboço. O tema foi Preservação do Meio ambiente e Queimadas no Brasil. As etapas e os recursos foram preparados de acordo com a faixa etária dos alunos do 6ª ano, forma que participassem como co-autores do processo de sua aprendizagem. Foram usadas as seguintes mídias: documentários sobre queimadas (vídeo) jogo de interação multimídia sobre reciclagem do lixo e clip da música terra tombada de Xitãozinho e Xororó. Os alunos participaram de forma ativa, mostrando assim que as mídias só enriquecem no ambiente escolar e principalmente só melhora todo o processo de ensino e aprendizagem. (Professora Suely Aparecida da Silva Borba).


Prática Pedagógica com mídia Digital

A utilização de computador e internet traz resultados positivos na aprendizagem dos alunos. Baseando-me na experiência prática de utilização de mídia digital na sala de aula, apresento experiências que são parte das atividades realizadas pelos professores cursistas do Proinfo Integrado, através do curso Tecnologia na Educação Ensinando e Aprendendo com as TIC – Tecnologia da Informação e Comunicação, oferecido pelo Ministério da Educação através do Núcleo de Tecnologia Educacional.

Na formação os cursistas desenvolverem atividades práticas de sala de aula com a utilização de mídias digitais, como vídeo, sito na web, clips, dentre outros.

Apresenta-se cinco textos dos cursistas do Curso Tecnologia na Educação Ensinando e Aprendendo com as TIC, os quais são relatos retirados do fórum do curso, no módulo Prática Pedagógica e Mídias Digitais que tem como objetivo levar o professor a analisar, planejar e executar aulas com conteúdo hipermídia. Os relatos mostram a importância da tecnologia nas aulas, a partir da experiência prática realizada pelos cursistas e acompanhada por formador do Núcleo de Tecnologia´.

Texto 1

A utilização de recursos multimídias em sala de aula é muito importante, pois garante uma participação efetiva dos alunos nas aulas, com mais aprendizado e para nós professores, um planejamento mais eficaz.[...] É preciso reforçar o saber específico que o profissional possui: o conhecimento didático e o controle das ferramentas pedagógicas.

A utilização dos recursos tecnológicos – computadores, internet, TV... são fundamentais para aprendermos mais e melhor de forma mais prazerosa.[....] Durante a preparação e aplicação das atividades planejadas, o que mais me possibilitou foi uma reflexão do conhecimento adquirido no decorrer do curso. Aprendi como utilizar melhor as ferramentas virtuais de acordo com o trabalho que se quer desenvolver. Hoje tenho mais segurança no manuseio das tecnologias, tanto no trabalho quanto na vida pessoal.

quarta-feira, outubro 13, 2010

Pensando em possíveis mudanças e contribuições das tecnologias


Para o professor Raimundo Expedito "A escola precisa cair na real e no virtual, de que fala LEVY. "o virtual não se opõe ao real, mas sim ao actual. Contrariamente ao possível, estático e já constituído, o virtual é como o complexo problemático, o nó de tendências ou de forças que acompanha uma situação, um acontecimento, um objecto ou uma entidade qualquer, e que chama um processo de resolução: a actualização." Toda educação escolar deveria motivar o aluno a aproximar o real do virtual. O real do imaginário. O desejo da razão. O sensível do intelectivo. A educação teria uma outra direção para isso, se nao fosse apenas AULISMO descolado da vida. Assim estariamos dialogando com os novos alunos da cultura do CIBERESPAÇO do mundo virtual e que estao navegando na internet de seus celulares. Será que um dia fazer uma aula como o diálogo das salas de batepapo, msn e orkut. Creio que o desafio está colocado.

Possiveis mudanças e contribuição das tecnologias


Os trechos a seguir fazem parte das reflexões feitas pelos cursistas no fórum as possíveis mudanças e as contribuições das tecnologias na sala de aula. A sala de aula atual precisa de ânimo, bem como os alunos precisam se sentirem motivados a aprender. Diante do cenário de convergência tecnológica nas escolas e na sociedade, é possível planejar estratégias inovadoras que utilizem as TIC como ferramentas facilitadoras da aprendizagem?
Para Luzinete: Os recursos tecnológicos só facilitam o trabalho do professor, é um meio pelo qual ajuda o professor e aluno. Agora se o professor não tiver o aprendizado e o interesse de utilizar estes recursos para melhoria de seu trabalho, é claro que não haverá mudanças, continuará na mesmice.
Nelcy - Acredito que nós como educadores não podemos ficar distantes da tecnologia, principalmente em sala de aula.
Adriana - O uso de computadores e da internet tem uma função muito importante para as crianças porque além de brincar, conversar e jogar, elas também estudam e aprendem com entusiasmo.
A tecnologia exige uma nova postura do docente, ele deixa de ser apenas um agente que transmite informação para se transformar num orientador que vai ajudar seus alunos a selecionar informações sabendo articular-las.
Ivoneide - Fazendo uso de um recurso tecnológico é impossível não perceber o efeito visível que os mesmos causam em sala de aula.
Janne - educação vivência desafios entre educadores e alunos, pois o professor não sabe mais o que ensinar de que forma ensinar seus alunos, onde a todo estante as mudanças são constantes e muito rápidas, as crianças nem todas mais algumas têm acesso à tecnologia e que se desenvolve de uma maneira diferente e que acabam gostando menos da escola, acham que no mundo virtual aprendem melhor.
Welignton - Com a utilização de tais recursos a atuação docente sofrerá profundas mudanças. Com isso, o professor deve sempre fazer cursos de capacitação para usar corretamente os recursos informáticos em suas práticas pedagógicas.
Elvira - Creio que usando computadores e Internet nas atividades curriculares não faremos as mesmas coisas que fazíamos antes, pois com as novas tecnologias, novas formas de aprender, novas competências são exigidas, ou seja, novas formas de se realizar o trabalho pedagógico.
Evanilde diz que é importante que nós professores façamos cursos para o melhor aperfeiçoamento da aprendizagem, no que diz respeito às tecnologias.
Para Nirta - a tecnologia tem um papel importante no desenvolvimento de habilidades para atuar no mundo de hoje, e a grande mudança para superarmos o desafio das habilidades exigidas no SEC.XXI precisa iniciar pelo professor ,é necessário cuidar, preparar esse profissional, dar condições, pois é a porta de entrada para que aconteça a mudança.
Claudia - cabe ao Educador perceber a necessidade de preparar e montar novas estratégias de ensino que potencialize sua atuação docente de forma a otimizar a aprendizagem dos educandos.
Noeldina - O mundo moderno exige dos professores uma nova postura em relação ao ensino. Repensar a prática pedagógica, atento para as novas possibilidades e perspectivas na educação, fazendo as adequações necessárias para este novo contexto em que o aluno está inserido. Exigindo uma rapidez na aquisição de conhecimentos, que envolvem metodologias e uso da linguagem.
Margot cita Demo ao dizer que “a tecnologia permite uma nova visão no pensar, planejar e fazer o processo de ensino aprendizagem”.
Sulavone diz: o computador e a Internet fazendo parte do currículo não apenas como um suporte ou recurso, mas como um elemento a mais do currículo, ou seja, um espaço a mais de se fazer educação e interação.

quarta-feira, setembro 29, 2010

Mensagem aos cursistas

Queridos Cursistas!!!!
Entramos na reta final da nossa corrida com o Curso Tecnologia Ensinando e Aprendendo com as TIC. Currículo, Projeto e Tecnologia. Neste módulo teremos mais uma vez a oportunidade de planejarmos e executarmos atividades utilizando mídia digitais das quais teremos experiência prática de como se dá o ensino e aprendizagem com essas ferramentas.
Entendemos que aprender fatos matemáticos, aprender a ler a intertretar o mundo e os fenômenos faz parte do currículo formal, e as crianças precisam ver sentido nisso tudo. É visível o fascinínio das crianças por tudo o que é digital, porém a tecnologia não é algo a mais a ser ensinado, mas uma oportunidade a mais de otimizar o currículo, de melhorar o ensino e a aprendizagem do que é importante aprender na sociedade atual.

segunda-feira, agosto 02, 2010

Estamos de volta!

É com muito prazer que damos continuidade ao nosso Curso Tecnologia na Educação Ensinando e Aprendendo com as TIC.
Bons estudos do Módulo III, Prática pedagógica e Mídias Digitais, que é um módulo gostoso de estudar, lembrando que teremos muita prática, pois as atividades 1, 2 e 3 devem ser aplicadas em sala de aula. Estou enviando o Link da revista TV escola, peço que leiam as páginas 16 a 18, “ponte entre a tecnologia e a sala de aula”.
http://tvescola.mec.gov.br/images/stories/revista/tecnologias_na_educacao/tvescola_180210_final.pdf

terça-feira, junho 22, 2010

CAROS CURSISTAS, ENTRAMOS NA UNIDADE III


PRÁTICA PEDAGÓGICA E MIDIAS DIGITAIS
Fiquem atentos aos prazos para o estudo da Unidade.
Objetivos
  • Apresentar possibilidades de utilização de mídias digitais como suporte a atividades pedagógicas.
  • Apresentar os repositórios de midias na internet, em particular, os do MEC.
  • Apresentar o portal do professor.
  • Estimular o uso de recursos de autoria e midias digitais
BOM ESTUDO, ESTAREMOS SEMPRE JUNTOS, MESMO QUE À DISTANCIA!!!!

quarta-feira, junho 09, 2010

quarta-feira, maio 19, 2010

Unidade II - INTERNET, HIPERTEXTO E HIPERMIDIA


Criar meu web site
Fazer minha home-page
Com quantos gigabytes
Se faz uma jangada
Um barco que veleje

Que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve um oriki do meu velho orixá
Ao porto de um disquete de um micro em Taipé

Um barco que veleje nesse infomar
Que aproveite a vazante da infomaré
Que leve meu e-mail até Calcutá
Depois de um hot-link
Num site de Helsinque
Para abastecer

Eu quero entrar na rede
Promover um debate
Juntar via Internet
Um grupo de tietes de Connecticut

De Connecticut acessar
O chefe da milícia de Milão
Um hacker mafioso acaba de soltar
Um vírus pra atacar programas no Japão

Eu quero entrar na rede pra contactar
Os lares do Nepal, os bares do Gabão
Que o chefe da polícia carioca avisa pelo celular
Que lá na praça Onze tem um videopôquer para se jogar

segunda-feira, abril 12, 2010

OFICINA : Criação de Blog e de uso pedagógico do Blog


Autora: Rosita Félix Delmondes

O que é a Oficina?

Criação de blog é uma proposta que visa orientar e incentivar o uso da ferramenta Multimídia Blog pelos professores como meio de comunicação para compartilhar experiências com outros professores e desenvolver atividades pedagógicas com seus alunos. O blog é uma abreviação de “weblog”- Um site on-line que permite entradas datadas que pode ser mantido por um ou mais administradores ou colaboradores. Esse site comporta links, imagens, vídeos, sons e comentários, como ferramenta em que seus autores têm total autonomia, oferece através do seu sistema de postagens de micro-conteúdos muita facilidade de manuseio, são espaços de comunicação interativa em que se dá a socialização na internet.

Público Alvo: Professores, Suporte pedagógico

Conhecimentos prévios necessários: Editar textos, elaborar apresentação em Power point ,fazer download e upload, navegar na internet e trabalhar com imagens.

Objetivo Geral: Oferecer uma alternativa de comunicação interativa para socialização de trabalho dos professores e para a construção do conhecimento do aluno através do ambiente multimidiático blog.

Objetivos Específicos
• Criar o Blog para trabalhar pedagogicamente
• Disponibilizar atividades criadas no dia- a – dia do professor com seus alunos
• Oferecer ao professor, meios que Potencialize o conhecimento do aluno usando ferramenta interativa em benefício da aprendizagem
• Aproveitar o potencial do aluno no uso das ferramentas multimidiáticas
• Linkar seu Blog aos Blogs dos colegas professores
• Favorecer uma divulgação freqüente das ações dos professores.
• Divulgar o material produzido durante a capacitação para socializar.
• Navegar no blog dos colegas


Metodologia:

Os participantes dessa oficina receberão o material impresso: Tecnologia na Educação: Ensinando e aprendendo com as TIC, serão acomodados no laboratório de informática, um professor em cada máquina, onde o mediador apresentará a proposta de estudo, iniciando com leitura do texto: Blog: (diário de aprendizagem) na rede de Paola Gentile, p.110 no livro.


1- Criação _

Primeiro passo - Para criar o blog é necessário que o participante tenha um e-mail, caso não tenha o primeiro passo será criá-lo, pode utilizar uma das seguintes ferramentas:
• www.gmail.com
• www.hotmail.com
• www.yahoo.com.br

Segundo passo _ Organizar uma pasta no computador com todo material a ser utilizado no blog;

Terceiro passo
a. Navegar em blogs já criados para observar os formatos, a disposição dos conteúdos, a parte visual. com o propósito de sensibilizar os participantes.
b. Apresentar um blog em modo de edição utilizando login, mostrar cada função.

Quarto passo _ Disponibilização de um tutorial para criação do blog; www.blogger.com – navegue no tutorial e criar o blog; Na criação do perfil é importante colocar a foto do professor. Fazer upload da imagem do professor para disponibilizar na parte do perfil.

Uso pedagógico

Neste momento da oficina o ministrante deverá provocar a reflexão de cada professor para a partir do seu planejamento, da disciplina que trabalha e dos conteúdos que está em andamento elaborar o seu blog.

(O que eu professor(a) estou desenvolvendo na sala de aula com os alunos?)

• Trabalhar a importância de observar os direitos autorais, a autorização para exposição de imagens. Disponibilizar texto, imagem, vídeo e apresentação.

• Planejamento da ação utilizando o roteiro para criação da aula utilizando a ferramenta Blog.

• Produzir aula utilizando o Power point e slideshare para disponibilizar no Blog.


Recursos:
• Planejamento do professor
• Material didático que usa na sala de aula
• Computador conectado à internet
• Imagens, textos, vídeos

Bibliografia:
LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.
PINTO, M. J. Blogs! Seja um editor na era digital. São Paulo: Érica, 2002.
RECUERO, R. Weblogs, webrings e comunidades virtuais, 2003.
HEWERITT, Hugh, Blog, Entenda a Revolução, Tradução,Alexandre Martins Morais: Editora Thomas Nelson Brasil.2007

sexta-feira, março 26, 2010

BLOG NA EDUCAÇÃO

As possibilidades de uso de blog como espaço educativo são inumeráveis. É possível criar um blog conforme o objetivo de cada um. Blog como diário pessoal, blog de disciplinas, blog de divulgação de eventos de escolas. Os professores podem ter um blog para suas disciplinas com as ementas, textos, recados para seus alunos, sugestões de filme, vídeos, músicas, etc. Enfim um blog bem administrado é uma grande ferramenta educativa pela sua interatividade e facilidade no manuseio. E um ferramenta gratuita, não precisa ter grandes conhecimentos de html e ainda possibilita uma interação entre quem posta as mensagens e os seus visitantes.

terça-feira, janeiro 19, 2010

Educador e Aprendiz


Procuro colocar-me na condição de eterna aprendiz, baseada nos seguintes pontos:
No passado não muito distante a identidade do professor era a de ensinar, hoje pode-se se dizer que é ensinar e aprender, e vice - versa. A formação inicial do professor já não é mais condição para o exercício da profissão com êxito. De acordo com Novoa, atualmente os professores têm que lidar não só com alguns saberes, como era no passado, mas também com a tecnologia e com a complexidade social, o que não existia no passado. A identidade do professor precisa ser compreendida como saber/pensar/agir/pesquisar/produzir que se traduz em professor especialista, professor reflexivo, professor pesquisador e professor construtor de novos saberes. De acordo com Salgado (Salto/2003 – desafios da escola) o profissional da educação precisa ser especialista que domina um instrumental próprio de trabalho e sabe fazer uso dele; um pensador capaz de repensar criticamente sua prática e as representações sociais sobre seu campo de atuação; um cidadão que faz parte de uma sociedade e comunidade. Como especialista o docente precisa conhecer e articular conteúdos e sua transposição didática, que domine um instrumental de trabalho valendo-se da tecnologia disponível incluindo a informática. Como pensador o professor deve compreender a natureza da educação em suas várias dimensões, que seja capaz de produzir saberes pedagógicos e contextualizar sua própria prática e que compreenda sua cultura contemporânea. Enfim, dada a complexidade que a profissão de professor remete, a concepção de ensinar e aprender deve ser construída a cada dia, em uma aprendizagem contínua.

Considerações sobre concepção de ensino

Dentre as concepções existentes, acredito que não existe uma milagrosa que gere resultados imediatos. E preciso ter conhecimentos das concepções que postulam um aprendizado com base na complexidade de cada contexto. A complexidade que se configura na sociedade atual instiga aos educadores a serem eternos aprendizes.
Estamos na era do conhecimento, da aprendizagem e da melhoria da qualidade de vida. Fica claro que a aprendizagem não pode mais ser associada unicamente às instituições de ensino. A questão chave da educação toma uma dimensão mais ampla: a de ser suporte para facilitar, atualizar e renovar a aprendizagem da pessoa durante toda a sua vida. É claro que escola não vai desaparecer, mas precisa urgentemente modificar a sua abordagem pedagógica, metodológica e didática.
A escola foi durante muitos século mera repassadora de conhecimentos, e ainda o é no presente. No entanto sua função deve ser outra: transformar-se numa verdadeira usina de elaboração, assimilação e democratização de conhecimentos úteis e aplicáveis.
Sua tarefa é aproveitar a massa enorme de informações a que os alunos têm acesso, provenientes das múltiplas fontes disponíveis, também as de fora do ambiente escolar, para fazer o seu processamento dentro da sala de aula. Este é o seu principal papel pedagógico. Segundo o professor Antônio Dias de Figueiredo, da Universidade de Coimbra, a grande preocupação das escolas tem sido a de “compartimentar o saber, em vez de oferecer contextos para compreendermos um mundo de diversidade, em que vivemos cada vez mais sequiosos de saber e mais afogados em informação”.
Fica evidente a necessidade de promover a reconciliação entre conteúdos e contextos e de trabalhar a interdisciplinaridade.

quarta-feira, novembro 26, 2008

Oficina de Web 2.0 no Laboratório da Coordenadoria de Tecnologia de Palmas com Simão Pedro, Dr. em educação e professor da PUC/MG.

video